News
Loading...

CASAL OSTENTAÇÃO DA CAPITAL É CONDENADO A TRÊS ANOS E QUATRO MESES

O Juízo da 3ª Vara Criminal de Porto Velho condenou à pena de 3 anos e 4 meses de prisão, e pagamento de multa, o “casal ostentação” Tiago Piter do Nascimento e Nathaly Serpa Cruz, pela prática de furto em continuidade delitiva (sete vezes) praticado através de um cartão clonado contra várias lojas da capital. A pena será cumprida inicialmente no regime aberto.
RELEMBRE O CASO:

Segundo a denúncia do Ministério Público, que originou o processo 0002611-30.2016.8.22.0501, nos dias 13 e 14 de janeiro de 2016, o casal agiu em comunhão de esforços e vontades para subtrair, mediante fraude, R$ 1,1 mil de uma conta correndo do Banco Itaú, através de um cartão clonado e efetuaram compras em várias lojas da cidade de Porto Velho.
As lojas vítimas da fraude foram a ENJOY, CAROÇO E CIA, SR. COSTELA, ÓTICA CABEÇA BRANCA, CHARL’S ÓTICA, BEMOL e ANCAR PARKING. Os dois chegaram a confessar o crime perante a autoridade policial, mas mudaram suas versões em Juízo. De nada adiantou porque as provas levantadas no Inquérito Policial não deixaram dúvidas sobre os delitos praticados.
As investigações demonstraram uma certa “expertise” de Tiago que confessou ter decorado a senha da vítima no caixa eletrônico, e clonando um antigo cartão seu, para fabricar outro, utilizando uma pequena máquina apreendida pela Polícia Civil. Ele aproveitou que a vítima descartou o extrato de sua conta sobre o caixa eletrônica.
Os passos da dupla foram, em sua maioria, seguidos pela polícia civil através do circuito interno da Bemol e do shopping, além do testemunho de balconistas. Na Ótica Cabeça Branca, a balconista disse que Nathaly comprou óculos com o cartão clonado no valor de R$ 560. Na Bemol, Tiago comprou uma televisão no valor de R$ 7 mil utilizando outros cartões de terceiros.


Fonte: RONDONIAOVIVO
Share on Google Plus

Produção ROTA MAMORE

Mande sua sugestão de repostagem aqui. rotamamore@gmail.com ou ligue ou mande suas imagens no whatsap: (69) 99368-6667 ou 99261-1156. Sua identidade será mantida sob sigilo.