News
Loading...

ACIDENTE FLUVIAL NO RIO MAMORÉ NO DISTRITO DO IATA DEIXA DOIS IRMÃOS DESAPARECIDOS, BUSCAS ESTÃO SENDO REALIZADAS




Na quinta-feira (17) por volta das 20hs no Rio Mamoré, no distrito do Iata, um acidente fluvial deixou dois irmãos bastante populares em Guajará-Mirim desaparecidos, buscas estão sendo realizadas pelas Policias Militar, 1ª UNESFRON, Corpo de Bombeiros, e com ajuda de pescadores no sentido de encontrar os dois irmãos que desceram o rio após o acidente fluvial.

O acidente fluvial ocorreu por volta das 20hs de quinta-feira (17) quando três pessoas que estavam em uma embarcação tipo voadeira, que veio a naufragar nas proximidades do porto do maia no rio Mamoré, no Distrito do Iata.


Informações repassadas à reportagem que um dos ocupantes da voadeira foi resgatado por um pescador após o acidente, e os irmãos de nome Eugênio Mendes Neto, 41 anos, mecânico e Paulino Mendes Filho, 45 anos, conhecido por Nico, empresário, desceram o rio segurando um galão e de imediato buscas começaram a ser realizadas as margens do rio Mamoré e do Rio Madeira, no lado Brasileiro e Boliviano com o objetivo de localizar os dois irmãos, que possivelmente estão as margens do rio ou foram resgatados por ribeirinhos ou pescadores, Brasileiros ou bolivianos, pois o local é fronteira entre os dois países.

Eugênio é mecânico e Nico é proprietário do Mercantil da Economia, e ambos são muitos trabalhadores, além de serem desportistas e muito queridos na comunidade e meio esportivo de Guajará-Mirim.

 Nico e Eugênio
A reportagem do Portal Guajará, apurou que a comoção tomou conta do município, onde a população ora e reza pelos dois irmãos para que sejam encontrados com vida e voltem ao convívio da família e da comunidade. Buscas estão sendo realizadas desde o momento do acidente.








Fonte: Portal Guajará 


Share on Google Plus

Produção ROTA MAMORE

Mande sua sugestão de repostagem aqui. rotamamore@gmail.com ou ligue ou mande suas imagens no whatsap: (69) 99368-6667 ou 99261-1156. Sua identidade será mantida sob sigilo.

0 comentários :

Postar um comentário