News
Loading...

QUATRO JOVENS DE NOVA MAMORÉ SÃO PRESOS EM FLAGRANTE AO COMETER ASSALTO A MÃO ARMADA NO DISTRITO DE EXTREMA.

Quatro jovens de Nova Mamoré são presos em flagrante ao cometer assalto a mão armada no Distrito de Extrema.
O roubo (assalto) aconteceu por volta das 23:30 de quarta-feira, 10 de maio, quando a vítima, o estudante Alisson de 18 anos, que reside no Distrito Extrema, juntamente com um adolescente, foram surpreendidos por uma dupla que estava a pé, com um revólver em punho, apontado para as vítimas e anunciando do assalto.
Foi levado das vítimas, dois celulares samsung modelo J7 prime e J7 metal, os autores do roubo fugiram correndo, mas, as vítimas os reconheceram, pois minutos antes do crime, havia passado na carroceria de um veículo Fiat Strada cor prata e logo a frente desceram do veículo e retornaram a pé para realizar o assalto.
A Polícia Militar foi acionada e obteve sucesso em localizar todos os envolvidos na ação criminosa, com Wesley Cristoffer, 18 anos,  foi encontrado a arma utilizada, um revólver cal. 22 com cinco munições, onde duas estavam deflagradas, com Carlos Henrique, 21 anos, foi localizado o celular J7 prime, com Wirlen Lima. 21 anos, foi localizado o celular J7 metal e com Jefferson de Araujo, 20 anos,  foi apreendido o veículo utilizado no roubo.
De acordo com uma das vítimas, o revólver foi engatilhado quando estava sendo apontado para sua cabeça. 
Todos os envolvidos são moradores de Nova Mamoré e foram apresentados na  Central de Flagrantes na Capital, Porto Velho. 
Levantamento, feito pelo Site Rota Mamoré, de acordo com uma vítima, este veículo foi utilizado para cometer outro assalto na cidade de Guajará Mirim, no ultimo domingo, 7 de maio, onde três elementos anunciaram o assalto e levaram um celular J7 metal, a vítima identificou o veículo e anotou a placa. 

Fonte: www.rotamamore.com
  





Share on Google Plus

Produção ROTA MAMORE

Mande sua sugestão de repostagem aqui. rotamamore@gmail.com ou ligue ou mande suas imagens no whatsap: (69) 99368-6667 ou 99261-1156. Sua identidade será mantida sob sigilo.