News
Loading...

ALUNOS REALIZAM PARALISAÇÃO E CAMINHADA DE PROTESTO PELA FALTA DE PROFESSORES EM GUAJARÁ-MIRIM.

Na manhã desta quinta-feira (01/06) foi realizada uma paralisação na escola Alkindar Brasil de Arouca pra manifestar pacificamente a indignação dos alunos em relação a falta de professores na área de Matemática e física que desde fevereiro estão sem profissionais para lecionar.

Os alunos caminharam da escola, com cartazes e bandeiras, até o ministério público e logo depois foram pra seduc no qual os profissionais aguardavam os líderes de turma para uma reunião e esclarecer algumas coisas e juntos arranjarem uma solução.

Foi discutido que a falta de professores se dava conta por falta de profissionais capacitados para lecionar, já que nenhum professor na área de física se escreveu pro concurso público, e esse era um dos principais motivos.

A aluna Lara fez muito bem o uso da palavra e disse não só por ela, más por todos os alunos: “não podemos ficar sem professores, temos ENEM e vestibular, sem professores ficaremos totalmente sem conhecimentos pra fazer essas provas” A mesma completou dizendo: Não podemos nos prejudicar, precisamos de uma solução, do jeito que tá não pode ficar.

A equipe da seduc em resposta disseram que daqui 60 dias haveria concurso pra essas matérias, e que essa era única solução, os alunos teriam que ter um pouco mais de paciência.

Alguns professores parabenizaram a atitude dos alunos que mostraram interesse em ter uma resposta e achar uma solução para que eles não fiquem prejudicados, levando em consideração que nenhum aluno gostaria de estudar ate janeiro do ano que vem e muitos têm planos de estufar fora, ficar preso em duas matérias seria totalmente involuntário e frustrante.


 FONTE: PORTAL GUAJARÁ.

Colaboração: Wesley Felipe Marques Humassa – aluno 3° B da Escola Alkindar Brasil de Arouca

Share on Google Plus

Produção ROTA MAMORE

Mande sua sugestão de repostagem aqui. rotamamore@gmail.com ou ligue ou mande suas imagens no whatsap: (69) 99368-6667 ou 99261-1156. Sua identidade será mantida sob sigilo.