News
Loading...

PM À PAISANA EVITA QUE VÍTIMA FOSSE ESFAQUEADA POR LADRÃO.

Suspeito fugiu ao ser preso neste domingo, em Guajará (Foto: Júnior Freitas/G1)

Um rapaz de 25 anos foi recapturado, na manhã deste domingo (25), após fugir da 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil enquanto os policiais registravam uma ocorrência, em Guajará-Mirim (RO). Conforme a Polícia Militar (PM), o suspeito fugiu depois de ser preso e fingir um mal-estar por arrombar a porta de um salão de beleza, tentar furtar vários produtos cosméticos e tentar esfaquear a proprietária do estabelecimento.

Segundo a Polícia Militar (PM), a vítima, de 55 anos, estava em casa com o marido quando escutou soar o alarme do salão de beleza da família, localizado ao lado da residência do casal. Quando foi até o local verificar o que estava acontecendo viu o suspeito dentro do salão com vários produtos na mão.

Assustado, o ladrão jogou os objetos no chão, pegou uma bicicleta e fugiu. A proprietária e o marido entraram em um carro e seguiram o ladrão até a Avenida Novo Sertão, onde desceram do veículo e tentaram segurar o criminoso.

Encurralado, o suspeito puxou uma faca e tentou esfaquear a mulher, mas foi surpreendido por um PM à paisana que testemunhou a cena e interferiu para proteger a vida da mulher.

Revoltados com o crime, várias pessoas cercaram o suspeito e tentaram agredi-lo. Uma guarnição chegou ao local e deu voz de prisão ao rapaz. A bicicleta usada na fuga também foi apreendida.

Na delegacia, enquanto os policiais registravam o boletim de ocorrência, o suspeito fingiu uma tontura e deitou-se no chão alegando estar passando mal, mas quando percebeu alguns segundos de distração dos policiais, abriu a porta do comissariado e saiu correndo sentido Avenida Duque de Caxias.

Duas guarnições da PM e uma da Polícia Civil iniciaram uma perseguição ao preso, que pulou várias cercas e muros de residências durante a fuga, mas acabou sendo cercado e recapturado minutos depois nas proximidades da 1ª Circunscrição Regional de Trânsito (1ª Ciretran), no Bairro 10 de Abril.

Após ser preso novamente, o rapaz foi algemado e conduzido para a delegacia para a conclusão do boletim que estava pendente.

Até o fechamento desta reportagem o suspeito permanecia preso em uma cela da delegacia e ainda não havia sido ouvido pelo delegado plantonista.

Fonte: G1/RO
Share on Google Plus

Produção ROTA MAMORE

Mande sua sugestão de repostagem aqui. rotamamore@gmail.com ou ligue ou mande suas imagens no whatsap: (69) 99368-6667 ou 99261-1156. Sua identidade será mantida sob sigilo.