News
Loading...

A CRATERA DA VERGONHA NA BR 425 - RONDOVIA ENGENHEIRO ISAAC BENNESBY.


Se vivo estivesse o próprio engenheiro que dá nome a essa “Infinita Highway” já teria com as próprias mãos arrumado essa cratera que se abriu no meio da BR.



MOROSIDADE

Não é de hoje que para uma obra acontecer nesse país ela primeiro precisa passa por um verdadeiro calvário burocrático advindo dessa mania do governo complicar tudo, principalmente travando a vida de quem mais precisa, o cidadão de bem.
As primeiras notícias de que se formava uma cratera na BR – 425, datam de 10 de novembro, era um sábado à noite quando motoristas começaram a mandar imagens do local, que fica entre a 4ª e 5ª linda do Ribeirão, próximo ao distrito do Araras.

POLÍTICOS LOCAIS

Assim que realmente se formou a cratera com ares de grandeza, o primeiro político a passar no local, pois já estava a caminho de Porto Velho, foi o prefeito de Guajará – Mirim, Cícero Noronha (DEM), que de pronto já foi a sede do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes-  DNIT, cobrar providências.

Em seguida o prefeito de Nova Mamoré, vereadores de ambos os munícipios que necessitam dessa estrada bateram as postas daquele órgão, que volta e meia é comandado por outro “chefe”.

BUROCRACIA “BURROCRACIA”

Entraves e mais entraves, protocola ofício, faz reunião com diretor, fala com a secretária, fala com o diretor, fala com o engenheiro, sentam para ter certeza de onde é o “buraco”, olham no mapa, olha o “Km”, LIGA PRA BRASÍLIA, conversam, tomam café e por aí vai.

Fato é que quarta – feira (29) ouvindo o rádio ouvi a resposta de um dos ofícios que havia sido protocolado por vereadores, acredito que a resposta do ofício foi igual para todos “Ctrl – C” e “Ctrl-V” mudando apenas o nome da pessoa, revelando que seria feito um paliativo.

O PAÍS DO PALIATIVO

Paliativo eu acredito que foi um nome criado por políticos brasileiros para dizer que vão demorar uma eternidade para resolver um problema seja ele da envergadura que for, por exemplo, a dita BR, que segundo oficio, será feito um PALIATIVO.

O trabalho que será feito, não será definitivo, será algo para não travar o tráfego da única estrada que liga Nova Mamoré e Guajará – Mirim ao resto do país, para escoar nossa produção e entrar insumos, combustível e tudo que precisamos.

OS POLÍTICOS DE BRASÍLIA

Na quarta – feira (30) o buraco recebeu a visita da Deputada Federal Marinha Raupp (PMDB) que veio falar mais do mesmo.

Em âmbito estadual, o parlamentar que representa a região se pronunciou, mas acredito que recebeu o famoso ofício “Ctrl – C” e “Ctrl-V” em resposta ao seu pedido.

Não lembro de outro ter se pronunciado sobre a dita cratera.



O que nos resta é o desejo que algo dessa envergadura não precisasse de uma intervenção de políticos da esfera federal, o próprio órgão responsável, ao ser comunicado, deveria de pronto ter autonomia para resolver tal problema, pois é uma rodovia de extrema importância.

É necessário ter setores que sejam céleres, pois parece que é necessário o “jeitinho brasileiro” em tudo, inclusive para fazer aquilo que é urgente, nos resta esperar calado? Claro que não, é cobrando que vamos ter força para mudar esse estado tão devagar para as coisas urgentes.

Fonte: Fernando Jeff – Rota Mamoré


Share on Google Plus

Produção ROTA MAMORE

Mande sua sugestão de repostagem aqui. rotamamore@gmail.com ou ligue ou mande suas imagens no whatsap: (69) 99368-6667 ou 99261-1156. Sua identidade será mantida sob sigilo.

0 comentários :

Postar um comentário