News
Loading...

POLICIA CIVIL IDENTIFICA CORPO ACHADO EM ESTADO DE PUTREFAÇÃO NO DISTRITO DE SURPRESA


 Na manhã desta quarta-feira (03) uma equipe de Policiais Civis de Guajará-Mirim se deslocou para o Distrito de Surpresa para investigar e identificar o corpo que tinha sido achado em estado de putrefaçao na manhã de terça-feira (02) na linha 16.
Logo ao chegar no Distrito de Surpresa, os Policiais com apoio do Administrador Valter Teixeira e da comunidade se dirigiram a linha 16, e durante as investigações com moradores da localidade,  obtiveram informações através de uma certidão de divorcio que estava em seus pertences em um sitio na linha 18 onde residia atualmente que o nome do homem que foi achado morto é Valtair Schreider, 37 anos, nascido em 01/09/1980, natural de Barra de São Francisco- Es, que é trabalhador rural, e pode ter vindo dos municípios de São Miguel do Guaporé, São Francisco ou Costa Marques e residia na região  há aproximadamente 02 anos.
Durante as investigações populares informaram aos policiais que Valtair foi visto pela ultima vez na sexta-feira (01/12) correndo alucinado supostamente sobre efeito de álcool em direção a linha 16, onde percorreu 6 Km até ao local onde foi achado caído ao solo e sem vida por um sitiante que estranhou a quantidade de urubus no local em que estava o corpo. Os Policiais Civis agradeceram o apoio e o empenho do Administrador de Surpresa, Valter Teixeira, que muito prestativo junto com a comunidade pacata daquele Distrito não mediram esforços para ajudar a equipe na investigação e no translado do corpo.
A reportagem do Portal Guajará, apurou que os Policiais Civis transladaram o corpo para Guajará-Mirim, onde vai ser enterrado e onde os Policiais vão realizar uma investigação para encontrar familiares de Valtair Schreider.


FONTE: PORTAL GUAJARÁ 



Share on Google Plus

Produção ROTA MAMORE

Mande sua sugestão de repostagem aqui. rotamamore@gmail.com ou ligue ou mande suas imagens no whatsap: (69) 99368-6667 ou 99261-1156. Sua identidade será mantida sob sigilo.

0 comentários :

Postar um comentário