News
Loading...

VIOLÊNCIA NAS ESCOLAS DE NOVA MAMORÉ – POR INÊS CAROLINE.

Imagem Ilustrativa

Já na primeira semana de volta às aulas em Nova Mamoré pudemos ver, através das redes sociais, várias brigas entre alunos de diferentes escolas. Geralmente por motivos banais, adolescentes ferem a dignidade uns dos outros entre tapas, murros e puxões de cabelo.

A família como educadora

Educação vem de casa, ou pelo menos deveria vir, não é mesmo? Cabe aos pais e responsáveis educarem seus filhos nos caminhos corretos, ensiná - los a resolver os problemas e diferenças com diplomacia, sem terem que apelar para a violência física.

O papel da escola

Ensinar e orientar são papéis também da escola. É certo que a responsabilidade não deve ser somente dos profissionais educadores, porém, não seria necessário atenção com a convivência entre alunos, já que a maioria dos problemas começam ali, dentro de tal ambiente?

A Internet como meio de propagação desta prática

A maioria dos jovens têm um aparelho celular com o qual filmam tais situações. Filmam e espalham os vídeos de brigas, fazendo com que certos alunos tenham suas vidas expostas em um meio onde não há controle, a Internet.

E os culpados?


De quem é a culpa dos jovens estarem tão perdidos neste meio de brigas e exposição? Dos pais? Da escola? Das autoridades (polícia, conselho tutelar, etc)? Os jovens precisam ser melhor orientados. Precisam ser aconselhados e vigiados, para que não se percam neste mundo onde tudo se resolve com violência. É preciso perceber a origem do problema para que tudo possa ser resolvido da melhor maneira.

Fonte: Rota Mamoré.


Share on Google Plus

Produção ROTA MAMORE

Mande sua sugestão de repostagem aqui. rotamamore@gmail.com ou ligue ou mande suas imagens no whatsap: (69) 99368-6667 ou 99261-1156. Sua identidade será mantida sob sigilo.

0 comentários :

Postar um comentário