News
Loading...

ABANDONO: RO – 421, LINHA D DO PROJETO SIDNEY GIRÃO ESTÁ EM PÉSSIMAS CONDIÇÕES DE TRÁFEGO



Na manhã deste sábado, 28, uma imagem deixou muitos produtores indignados com a situação que se encontra a RO – 421, linha D do projeto Sidney Girão, na qual um taxista teve um imenso prejuízo, quando ele tentou com seu táxi cruzar uma imensa possa de lama com um metro de profundidade e seu carro ficou atolado no meio, tendo ajuda de moradores para conseguir sair.


Além deste motorista, outros vários usam as redes sociais e grupos de WhatsApp para denunciar o abandono, caminhão leiteiro, caminhão com produção agrícola, caminhão de boi, taxistas, ambulâncias e vários outros motoristas não aguentam mais essa situação, são relatos de peito de aço quebrado, para – choque, placas perdias, prejuízos incalculáveis.


Essa estrada é de responsabilidade do governo do estado de Rondônia que tem o Departamento do Estado e Rodagens responsável por executar essas obras. A população reclama das inúmeras promessas que foram feitas em tempo de campanha e até agora não foram cumpridas, deixando a população à mercê da própria sorte.


Os produtores rurais, pecuaristas e população em geral pede atenção e respeito. Não adiante nada ser número um em produção de leite e segundo em rebanho bovino e o governo, que fica com todos os impostos, não dar o suporte necessário para que os produtores possam ter pelo menos uma estrada para trafegar.

Fonte: Rota Mamoré



Share on Google Plus

Produção ROTA MAMORE

Mande sua sugestão de repostagem aqui. rotamamore@gmail.com ou ligue ou mande suas imagens no whatsap: (69) 99368-6667 ou 99261-1156. Sua identidade será mantida sob sigilo.

2 comentários :

  1. O plobema tá é na falta de representante do município.

    Vaí ser 4 anos sem prefeito , impichima já dá o lugar pra alguém que queira resolver o problema do povo ninguém vai aceitar mais esse tipo de político que só suga a população e não traz nada de benefício tem que investiga qual é o plobema dessa cidade não é possível não tem plobemas em tudo transporte escolar , segurança, infraestrutura, estradas ,máquinas.

    Se ninguém cobrar o jeito é só rezar

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir