News
Loading...

COLUNA – POLICIAIS MILITARES E CIVIS EM DESVIO DE FUNÇÃO TERÃO QUE TRABALHAR NA SEGURANÇA PÚBLICA



E ainda, para terminar de acabar com o que restou, Confúcio decreta fim da Caerd e nomeia Iacira como “liquidante’

Sem desvios

Uma das providências que Daniel Pereira adotará em seu governo será a reconvocação de todo o efetivo da PM e Polícia Civil que está em “desvio de função” para voltarem ao órgão de origem e trabalhar naquilo que foram contratados para fazer, que é segurança pública. Só vai ficar fora quem tiver, de fato, uma justificativa plausível para se manter no desvio de função. A lista é grande, o que mais tem pelas secretarias é policial fazendo serviços administrativos para os quais não fizeram concurso público. A Caerd que o diga…

Fim da greve

Após 45 dias de paralisação chega ao fim a greve dos servidores da Educação de Rondônia, graças a atuação direta de Daniel Pereira, que assume o governo nesta sexta-feira, mas que já vem conseguindo resolver os problemas que estão sendo deixados por Confúcio (já vai tarde) Moura. Ainda falta resolver Idaron, mas isso já está sendo tratado.

No caso dos servidores da educação

A decisão pelo encerramento foi da diretoria do Sintero, e os servidores do interior não gostaram da forma como a negociação foi conduzida. Eles acham que deveriam ter sido ouvidos e criticaram a manobra utilizada pela diretoria, que apenas os que estavam presentes em Porto Velho poderiam opinar. A greve acabou, mas não foi por unanimidade.

R$ 20 milhões

Foi quanto a Assembleia Legislativa destinou para que o acordo entre governo e servidores da educação fosse aprovado. O dinheiro veio das emendas individuais e todos os deputados fizeram a concessão para que a greve chegasse ao fim.

Publicidade 

Falando em Idaron

O governo havia ingressado judicialmente alegando que a greve era ilegal. Em audiência na justiça, procuradores do Governo desqualificaram os servidores da agência e a coisa só não foi pior porque o deputado estadual Léo Moraes estava presente à audiência e fez questão de lembrar que havia sido feito um acordo na Assembleia Legislativa com os mesmos procuradores, e eles haviam concordado com os termos iniciais, mas na frente do juiz contaram outra história. Realmente, esse governo não vai deixar saudades.

A novela EFMM

Peças do que restou do acervo da Estrada de Ferro Madeira Mamoré continuam abandonadas no pátio e deveriam ter sido retiradas pela prefeitura, mas isso não aconteceu. O descaso é gritante, ofensivo e irresponsável. Porto Velho é uma cidade sem memória, sem espaços para as famílias, e o que restou está sendo destruído pela ação do tempo. O que mais impressiona é que durante anos funcionou o Museu da EFMM, mas foi só o PT assumir a prefeitura de Porto Velho e o MDB o governo, que a coisa esculhambou geral.

Desmonte

E Confúcio Moura mesmo de saída não cansa de fazer estragos e nomeou a atual presidente da Caerd, Iacira Azamor como “liquidante” da empresa que ela destruiu ao longo de sua gestão. O Decreto 22.720 datado desta quinta-feira, tem circulado em grupos de Whatsapp até que chegou no telefone do presidente da Assembleia, Maurão de Carvalho que, em contato com a coluna disse desconhecer completamente o assunto e garantiu que não foi informado sobre a “liquidação” da companhia de águas, “acho muito estranho ele fazer esse decreto”.

Caso se concretize

No total serão demitidas 640 pessoas diretamente, sem receber os salários atrasados e com as dívidas, que são sanáveis se houvesse um gestor responsável. Confúcio e Iacira deveriam ser presos pelo que fizeram (e ainda fazem) na Caerd.

Game over

O ex-presidente Lula usou todos os recursos e argumentos mas não conseguiu se livrar da prisão e com isso temos o desfecho da Operação Lava Jato, que atinge seu ápice com essa ação. O futuro é bem simples de prever, os presos como Eduardo Cunha e Geddel Vieira Lima estarão em liberdade em pouco tempo, Lula não será candidato e a corrupção continua em todas as esferas. Só quem acredita no Jornal Nacional consegue imaginar que essa prisão coloca um fim a tudo de errado que acontece no país. O mais grave, mantiveram a prisão em segundo grau que é totalmente inconstitucional. Os ministros precisam parar de “interpretar” a lei, e apenas obedecer o que está escrito. Nos resta a esperança que a quadrilha do MDB e PSDB um dia sejam colocados atrás das grades. Enquanto isso não acontecer, a justiça é apenas um partido político.

Não é o “primeiro voto”

Andam espalhando por ai que vai sobrar “apenas uma vaga ao Senado, porque o primeiro voto é de Confúcio”. Não é verdade. Ele está longe de ser uma figura popular, e o que tem ajudado, é claro, é a máquina governista que estava a seu dispor. Ainda bem que gestores precisam se afastar do cargo, senão repetiríamos 2014, quando ele se reelegeu usando e abusando da máquina administrativa.

Transtorno Obsessivo Compulsivo: como reconhecer os sinais?

O TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo) é mais frequente do que se imagina. O que acontece é que muitas pessoas escondem por causa da vergonha ou medo de serem consideradas ‘esquisitas’. O diagnóstico não é difícil. Com observação e muita conversa fica fácil entender os sintomas. Hoje, em cada 150 crianças no mundo, uma tem TOC. A pediatra e consultora Ana Escobar explicou porque é importante perceber os sinais desse transtorno logo no início, ainda na infância. Pesquisas mostram que quanto mais cedo se inicia o tratamento, melhor é a evolução. Um exame clínico é feito para descobrir se a pessoa tem TOC. É feita uma análise dos comportamentos – o quanto é repetitivo: vezes, horas e dias. Situações mais comuns em crianças: Gostam de comer tudo separado, onde a comida não pode se misturar (normal até os seis anos, depois pode indicar TOC); Dormir sempre do mesmo jeito, na mesma posição; Organização dos brinquedos sempre a mesma, com uma certa ordem; Ler e reler várias vezes, ou escrever, apagar e reescrever várias vezes; Arrumar o material escolar de forma simétrica; Não querer usar o banheiro da escola. Situações mais comuns em adultos: Limpeza excessiva e repetitiva; Organização excessiva; Pensamentos que causam incômodo.

Fonte: Painel Político - Alan Alex 


Share on Google Plus

Produção ROTA MAMORE

Mande sua sugestão de repostagem aqui. rotamamore@gmail.com ou ligue ou mande suas imagens no whatsap: (69) 99368-6667 ou 99261-1156. Sua identidade será mantida sob sigilo.

0 comentários :

Postar um comentário