News
Loading...

MORADORES DAS LINHAS DO RIBEIRÃO SE REÚNEM COM PREFEITO E SECRETÁRIOS BUSCANDO MELHORIAS NO TRANSPORTE ESCOLAR E NAS ESTRADAS



Na manhã desta segunda – feira, 23, reuniram – se na sala de reuniões da prefeitura de Nova Mamoré moradores das 5ª, 6ª, 7ª e 8 ª linha do Ribeirão e do distrito do Araras, onde foram recebidos pelo prefeito de Nova Mamoré Claudionor Leme, juntamente com o secretário de obras Donaldo, secretário geral Adalto e secretário de educação João Batista. Foram apresentados dois assuntos que são de suma importância para essas comunidades, sendo eles transporte escolar e estradas.

Prefeito fala

Prefeito Claudionor Leme ao lado do secretário de obras Donaldo, relatando sua versão dos fatos
No início da reunião o prefeito fez uma explanação sobre a situação do transporte escolar, pois sendo esse um gargalo na atual adminstração, foi relatado que empresa Flexa que prestou o serviço no ano anterior faltava ser paga, e que o prefeito está buscando soluções para que seja pago. A empresa, hoje com nome de Via Verde, teve seus ônibus apreendidos pelo Detran local por não terem passado pela vistoria.



O prefeito notificou a empresa diversas vezes que fossem cumpridas as medidas necessárias, porém a empresa não quis receber as notificações da prefeitura. O prefeito precisava esperar todo trâmite legal para que pudesse tomar providências mais enérgicas.

Inclusive não estavam nem conseguindo entrar em contato com o dono da empresa, mantendo contado apenas com o funcionário que a representa aqui em Nova Mamoré, o senhor Mendes.

A comunidade fala

Debates intensos foram feitos 
As comunidades das linhas do Ribeirão se sentem muito prejudicadas, principalmente por conta do transporte escolar, que esse ano superou todos os limites em relação ao atraso, prejudicando os alunos e atrasando o início das aulas.

Outro fato que traz grandes preocupações a todos é o fato das estradas estarem em péssimo estado de conservação, prejudicando o escoamento da produção leiteira e toda produção dessa região que é bastante grande.

Foi colocado em pauta de que nada adianta ser o maior produtor de leite, já que o estado que fica com o imposto não colabora com os produtores para que as estradas sejam bem conservadas.

A prefeitura, juntamente com a secretaria de obras, se comprometeu a arrumar pelo menos os pontos que estão mais críticos. Posteriormente irão finalizar os trabalhos de forma definitiva de acordo com orçamento.

Os moradores aguardaram até a chegada do representante da empresa, que alegou que talvez os ônibus voltassem a rodar em 30 ou 60 dias, fato que deixou os moradores bastante indignados e falaram que se uma providência não fosse tomada eles iriam acampar na prefeitura e só sairiam depois que fizessem algo.

Os moradores almoçaram na sala de reuniões
Reviravolta

A reunião começou às 10 horas da manhã e se estendeu até as 15 horas. Até que, em determinado momento, após muitas negociações, o dono da empresa Via Verde entrou em contato com a prefeitura via telefone e garantiu que a partir de quarta – feira irão rodar dois ônibus, um na 6ª e outro na 7 ª, e posteriormente os das demais linhas.

Satisfazendo assim os anseios daquela comunidade que estava disposta a acampar na prefeitura caso uma providência não fosse tomada.

Fonte: Rota Mamoré

Share on Google Plus

Produção ROTA MAMORE

Mande sua sugestão de repostagem aqui. rotamamore@gmail.com ou ligue ou mande suas imagens no whatsap: (69) 99368-6667 ou 99261-1156. Sua identidade será mantida sob sigilo.

1 comentários :

  1. Deveria existir uma comcorrencia aí sim haveria melhora .

    Falaram em acampar na prefeitura aí rapidinho eles deram um jeitinho a população tem que abrir os olhos e brigar pelo Direitos previsto em lei .
    Seria cômico senão fosse trágico um prefeito que é professor não encontrar soluções para dar as crianças aquilo que é mais importante a eles a educação.

    ResponderExcluir