News
Loading...

INDÍGENA É PRESO APÓS AGREDIR ESPOSA.

O acusado foi preso no Porto do Índio, as margens do Rio Mamoré, município de Guajará-Mirim/RO.
No período da noite desta quarta-feira, 19, um indígena de 25 anos foi preso sob acusação de agressão doméstica. O acusado foi preso no Porto do Índio, as margens do Rio Mamoré, município de Guajará-Mirim/RO.
PUBLICIDADE.
Durante a noite, o homem que estava ingerindo bebida alcoólica foi dormir com sua esposa, de 31 anos, nos cômodos do Porto do Índio, já que ambos vivem em uma aldeia na zona rural do município e estavam de passagem. A mulher estava com sua filha nos braços, uma criança, então o indígena passou a ofender a esposa, retirando dos seus braços a criança e colocando no chão, em seguida com empurrões, socos e ponta pés passou a agredir a mesma. A mulher ficou com lesões pelo corpo, e reclamava de fortes dores atrás da perna esquerda, devido os chutes efetuados pelo esposo. A Central da Polícia Militar foi acionada, o homem foi preso e conduzido até a Delegacia de Polícia Civil, onde foi autuado em flagrante pela prática do crime de lesão corporal, foi arbitrada a fiança de um salário mínimo vigente ao acusado, para que possa responder em liberdade.

Fonte: O MAMORÉ
Share on Google Plus

Produção ROTA MAMORE

Mande sua sugestão de repostagem aqui. rotamamore@gmail.com ou ligue ou mande suas imagens no whatsap: (69) 99368-6667 ou 99261-1156. Sua identidade será mantida sob sigilo.

0 comentários :

Postar um comentário