News
Loading...

Blitz da Lei Seca aborda mais de 120 motoristas em dois dias de operação em Guajará-Mirim

Três homens foram presos e 09 pessoas tiveram CNHs recolhidas em dois dias da Operação Lei Seca (OLS) realizada em Guajará-Mirim.
Em dois dias de OLS foram abordados mais de 120 motoristas 

Três homens foram presos e 09 pessoas tiveram CNHs (Carteira Nacional de Habilitação) recolhidas em dois dias da Operação Lei Seca (OLS) realizada em Guajará-Mirim/RO. A Operação ocorreu na noite de sexta-feira, 13, e madrugada de sábado 14, o segundo dia seguiu na noite de sábado 14 e madrugada de domingo, 15. Envolvendo nas duas noites de operações 58 profissionais da 1ª Circunscrição Regional de Trânsito (1ª Ciretran), policiais do 6º Batalhão de Polícia Militar de Fronteira e policiais lotados na Delegacia de Polícia Civil de Guajará-Mirim.
Durante o primeiro dia de OLS, ocorrida no bairro 10 de Abril, foram abordados 63 motoristas, 57 eram homens e 06 mulheres, onde 46 veículos eram carros e 17 eram motocicletas. Foram removidos 02 carros e 03 motocicletas. Apreendidas 06 CNH’s e 01 documento de veículo, totalizando 22 autuação por infração de trânsito.
Dois motoristas, um de 75 anos e um de 35 anos, ambos conduzindo carros, foram presos por dirigir sob influência de bebida alcoólica, outros 05 motoristas foram autuados na Lei Seca. A Lei Seca totalizou com18 outras infrações confeccionadas.

O segundo dia de OLS, realizada também no bairro 10 de Abril, 65 motoristas abordados, totalizando 54 homens e 11 mulheres, 49 veículos eram carros e 16 eram motocicletas. Foram removidos 07 carros e 05 motocicletas. Recolhidas 03 CNH’s e 06 documentos de veículos, totalizando 37 autuação por infração de trânsito. Um motorista de 47 anos foi preso por dirigir sob influência de álcool atingindo 0,48 mg por litro de ar expelido pelos pulmões. Outros dois motoristas também foram autuados na Lei Seca.

De acordo com o chefe de equipe da OLS, Jairo Félix, as pessoas que foram identificadas dirigindo após terem ingerido álcool devem ser suspensas do direito de dirigir por 12 meses e ainda devem ter que pagar multa de cerca de R$ 2,9 mil.
O Chefe da 1ª Ciretran, Marcelo Bentes, destacou que as Operações continuarão e seu objetivo é inibir a ingestão de bebida alcoólica por motoristas.
Fonte: O MAMORÉ
Share on Google Plus

Produção ROTA MAMORE

Mande sua sugestão de repostagem aqui. rotamamore@gmail.com ou ligue ou mande suas imagens no whatsap: (69) 99368-6667 ou 99261-1156. Sua identidade será mantida sob sigilo.

0 comentários :

Postar um comentário