News
Loading...

AUTORIDADES BRASILEIRAS E BOLIVIANAS DISCUTEM SOBRE MORTE DE BOLIVIANO EM PROVÁVEL AÇÃO POLICIAL


Membros do Ministério Publico, representantes da Policia Federal, a Consulesa da Bolívia no Brasil, e o delegado Regional da Polícia Civil de Guajará-Mirim Dr. Milton Santana da Silva, estiveram reunidos durante a manhã da ultima quinta-feira (02) na sede do Consulado no centro da cidade, discutindo sobre a morte de um boliviano que ocorreu no fim da manhã da ultima terça-feira, no porto pérola negra, próximo ao porto do Carlito.

Durante aquela manhã vários vídeos ganharam as redes sociais informando a morte de um Boliviano que supostamente teria sido atingido por vários tiros durante uma ação da Policia Civil de Rondônia.
O vídeo mostra um boliviano chegando a um porto do lado boliviano e sendo carregado nos braços e colocado dentro de uma caminhonete e sendo socorrido a um hospital na cidade de Guayaramerim, onde teria chegado sem vida.

No fim da tarde do dia da ação, a consulesa esteve na delegacia de Polícia informando que um boliviano segundo ela menor de idade teria morrido após disparos que teriam sido supostamente efetuados por policiais que segundo ela estariam em uma Triton de cor escura, ela não registrou ocorrência, mais o delegado de plantão pediu pra que uma ocorrência fosse registrada e os fatos fossem apurados.
Naquele mesmo dia foi aberto inquérito policial para apurar os fatos. De acordo com o Delegado Regional é preciso aguardar a conclusão de laudos para ouvir os policias que estavam naquele dia em algum tipo de operação, o Delegado Milton disse ao site agoraguajará que quer ouvir pessoas que viram algo, ou que tenham vídeo da ação no porto pérola negra.

Ele determinou que uma perícia fosse realizada no local onde ocorreu essa ação, e a policia boliviana manifestou o desejo de fazer uma apuração paralela inclusive com a realização de um pericia técnica no local, mais isso é uma questão que envolve o Itamaraty, ou seja, eles dependem de uma autorização do Governo Brasileiro e caso sejam autorizados devem ser acompanhados pela Policia Federal.

Na reunião de quinta-feira (02) o delegado Regional recebeu a informação que apenas um tiro teria atingido o boliviano e não 15, como teria sido divulgado por sites bolivianos, mas tudo deve ser apurado informa o delegado.



A delegada titular que preside o inquérito policial que apura o caso esteve fez questão de ir ao local dos fatos, na companhia de policias civis e do delegado regional.

A consulesa da Bolívia no Brasil, e representantes de um sindicato da Bolívia emitiram um comunicado em uma rádio boliviana dizendo que precisam de informações sobre em que circunstâncias ocorreu a morte do boliviano, ela ainda informou que o delegado regional, foi muito receptivo e está empenhado para esclarecer o caso.

Durante a tarde desta quinta-feira, o delegado concedeu uma entrevista no programa De Frente com a Notícia, na Rádio Rondônia apresentando por Ronie Von Barros e informou que tudo que for de competência da polícia civil será feito para a conclusão do caso.

Fonte: Agora Guajará
Share on Google Plus

Produção ROTA MAMORE

Mande sua sugestão de repostagem aqui. rotamamore@gmail.com ou ligue ou mande suas imagens no whatsap: (69) 99368-6667 ou 99261-1156. Sua identidade será mantida sob sigilo.

0 comentários :

Postar um comentário