News
Loading...

Candidata branca é aprovada na PF em cota destinado a negros; ela estava lotada em Guajará-Mirim (RO)



Glaucielle da Silva Dias, uma mulher branca, passou em concurso da Polícia Federal na cota destinada a candidatos negros. Ela pediu exoneração da Polícia Federal após ser denunciada por um perfil no Twitter por fraudes durante sua entrevista no concurso. Glaucielle Dias teria se trajado de negra para passar pela banca examinadora. 

O marido de Glaucielle Dias, que também pediu exoneração da PF, usou a conta do instagram dela para se retratar sobre o caso. No vídeo, ele informa que ela passou por todas as etapas que o concurso impõe, inclusive pela banca examinadora do sistema de cotas.

Uma portaria de Nº 12.863, publicada no dia 24 de maio de 2020, promoveu Glaucielle da silva dias para a função de Chefe do Núcleo de Operações de Delegacia de Polícia Federal em Guajará-Mirim, em Rondônia.

Glaucielle usa a conta do instagram para motivar pessoas a estudarem para concurso público. Segundo o marido, ela não teve forças para se retratar sobre o caso.

Pedido de exoneração

Na internet, várias pessoas ficaram chocadas com a mudança de Glaucielle na entrevista e na vida diária. “Tão bizarro que eu demorei para entender o que estava rolando”, diz um internauta.

Fonte:Revista Painel Político 

Share on Google Plus

Produção ROTA MAMORE

Mande sua sugestão de repostagem aqui. rotamamore@gmail.com ou ligue ou mande suas imagens no whatsap: (69) 99368-6667 ou 99261-1156. Sua identidade será mantida sob sigilo.

0 comentários :

Postar um comentário