News
Loading...

MENINO DE 3 ANOS QUE CAIU DE FOSSA EM CHAMAS EM RO RECEBE ALTA PAI CONTINUA INTERNADO

Informação foi confirmada pela mãe da criança na tarde deste sábado (5). Homem passou por nova cirurgia.


O menino de 3 anos que foi salvo pelo pai após cair dentro de um fosso em chamas recebeu alta na tarde deste sábado (5). Ele sofreu queimaduras em uma das mãos. A informação foi confirmada ppela mãe da criança, a pedagoga Aline Castro. "Teve alta sim. Estamos só aguardando o documento para sair do hospital", contou.

O garoto foi transferido de Guajará-Mirim (RO), município a pouco mais de 330 quilômetros de Porto Velho, para o Hospital Cosme e Damião, na capital, na última sexta-feira (4). Na unidade hospitalar, o menino passou por uma avaliação de um cirurgião plástico. 


Já o pai do menino, o vigilante patrimonial Franklin da Silva, que o salvou do buraco e teve queimaduras graves nos braços, nas pernas e nos pés, segue internado. Conforme a esposa, ele passou por uma nova cirurgia na manhã deste sábado. 

Porém, o médico que acompanha o paciente no Hospital de Base de Porto Velho não deu previsão de alta, mas garante que o homem está ótimo. No fim desta semana, a equipe médica descartou a possibilidade de amputar os pés dele. 

"Ele fez uma nova cirurgia sábado. Segunda-feira (7) ele (Franklin) vai passar por uma nova avaliação para ver como que ele tá reagindo. Mas o médico disse que ele está ótimo. Não tem previsão de alta ainda porque a recuperação é lenta, mas está tudo certo", explicou.


Pai e filho conversavam por vídeo e telefone desde o acidente.
Sobre o contato entre pai e filho, já que os dois estão afastados desde o dia do acidente, Aline garante que eles conversam por telefone e até vídeo. "Eles conversam pelo telefone às vezes, pois não é sempre que podem ficar falando. Por telefone ou chamada de vídeo, os dois estão se vendo", complementou.
 
Relembre o caso
Franklin e o menino foram hospitalizados após caírem em um fosso em chamas, usado para a incineração de resíduos, no dia 30 de dezembro. 

Na ocasião, a criança caiu em um fosso usado para incinerar resíduos que estava pegando fogo. Vendo a situação, o homem, pai do menino, se jogou no buraco para salvar o filho. Foi neste momento que Aline Castro começou a gritar por socorro.


Fonte: G1
Share on Google Plus

Produção ROTA MAMORE

Mande sua sugestão de repostagem aqui. rotamamore@gmail.com ou ligue ou mande suas imagens no whatsap: (69) 99368-6667 ou 99261-1156. Sua identidade será mantida sob sigilo.

0 comentários :

Postar um comentário